Boas vindas a você!

Boas vindas a você!

sou como todo artista é excêntrica... original; esquisita; extravagante; caprichosa; romântica... sensível. divertida...sincera. sou esta a soprar pétalas de amores ao vento lançando versos poemas de amor na imensidão... sou simplesmente luísa drumond a poetisa...a artista...a sonhadora eu acho que sonhar é desenhar a vida numa aguarela colorida de aventuras mil flor só de amor e alegria revestida com toda a ternura sentida. “sonhar é desenhar a vida” num rascunho bem elaborado pouco a pouco a limpo bem passado onde as dores são terminadas pétalas tristes desfolhadas angústias cruéis dizimadas. sonhar é desenhar a vida” numa tela de emoção vivida com impressões de monet pontilhismos de seuget Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ̵ distorções de picasso devaneios de dali ou as cores fortes de van gogh. não importa de que mão vem a pincelada a vida, pelo sonho, desenhada será sempre mais animada. a dura realidade cega o nosso olhar; não devemos ser videntes, sem o consolo dum sonho, neste mundo já tão cansado. "sonhar é desenhar a vida” por isso estou a pintar: meus amores... meus Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ̵ anjos... meus pássaros... minhas flores. luisa drummond :)

Lhe Desejo
Paz profunda dos mares para você.
Paz profunda do fluxo do ar para você.
Paz profunda da firme terra para você.
Desejo-lhe paz profunda das
Estrelas brilhando para você.
Paz profunda do Filho da Paz para você.
o nome dele JESUS

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

BANQUETA ANTIGA ACHADA NO LIXO REFORMADA

Eu terminei esta baqueta hoje a tarde ela ficou maravilhosa veja o passo a passo:)
eu a encontrei semana passada no lixo no meio da rua estava toda detonada...Ela é uma madeira nobre e antiga creio que é canela pelo cheiro dela


quando a encontrei




começo da transformação cerrando os pés quebrados




Limpando a peça que estava muito suja


APLICANDO A MASSA CORRIDA ACRÍLICA PARA TIRAR AS IMPERFEIÇOES DA MADEIRA




LIXANDO A MASSA E TODA A PEÇA DEPOIS DE SECA




APLICANDO O LÁTEX ACRÍLICO COMO BASE DE FUNDO


LIXANDO O LÁTEX ACRÍLICO BRANCO DEPOIS DE SECO



MISTURANDO O CORANTE XADREZ VERMELHO A BASE DA ÁGUA NA TINTA CORALIT ZERO - ESMALTE A BASE D'ÁGUA BRANCO
PARA OBTER UM ROSA BEBÊ



APLICANDO A TINTA ROSA




TINTA APLICADA E SECA



FAZENDO A COLAGEM DAS FLORES E FOLHAS ARTIFICIAS COM A COLA DE ISOPOR ACRILEX PARA A ARTE FRANCESA
E BOLINHAS DE GUDE FORAM COLADAS COM SUPER BONDER



FLORES E FOLHAS COLADAS




COLOCANDO O VIDRO...QUE TAMBÉM É RECICLADO VIDRO DE UM FOGÃO VELHO QUE ACHEI NA RUA A TEMPOS ATRAZ




PRONTO FINALMENTE A MESA ESTA PRONTA! QUE ALEGRIA!




AS PESSOAS DO MEU BAIRRO ATE MESMO O MOÇO QUE VIVE ATUALMENTE COMIGO ME CHAMA DE LIXEIRA!!!! MAS EU NÃO ME JULGO ASSIM...EU APENAS VEJO A BELEZA ONDE MUITOS NÃO CONSEGUE VER...
ESTA É SÓ UMA DAS MUITAS PEÇAS QUE JÁ RECICLEI....




ESTA MESA MINHA MÃE DONA FLOR JÁ A POSOU EM TUA SALA..... MINHA MAIOR APRECIADORA!

BEIJOS E ROSAS LUISA DRUMMOND

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Minha reciclagem de garrafão de vinho

garrafão de vinho

Neste garrafão de vinho;
usei duas demãos de tinta CORALIT ZERO - ESMALTE A BASE D'ÁGUA




Depois de seco passei o risco do desenho com um papel carbono e lápis
e pintei as flores com a tinta esmalte vitral da acrilex





E para finalizar e proteger a pintura passei duas demãos de verniz geral da corfix




Para qualquer duvida deixe um recadinho
beijos e rosas Luisa Drummond

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Le Jardin de Monet à Giverny o jardim de Monet


Monet morou em Giverny durante vários anos, onde pintou seus famosos quadros da série das Nenúfares. Sua inspiração era o jardim de sua propriedade.
Seu jardim tem duas partes: um jardim de flores denominado Clos Normand em frente à casa e um jardim aquático japonês que fica do outro lado da estrada. Os dois jardins são contrastantes e complementam um ao outro.

O Clos Normand de aproximadamente um hectare, foi transformado por Monet num jardim cheio de perspectivas, simetrias e cores.
A área foi dividida em dois canteiros de flores onde espécies de várias alturas criam o volume. Árvores frutíferas e ornamentais são apoios para roseiras trepadeiras, além de coloridos grupos de flores anuais. Existe uma mistura de flores silvestres com espécies mais raras.

A aléia central é fechada por uma arcada de metal onde rosas trepadeiras crescem. Outras roseiras se firmam nas balaustradas da casa. Monet não organizou nem desenhou seus jardins: ele as plantava de acordo com suas cores e as deixou crescer de forma livre. Com o passar dos anos ele passou a se interessar cada vez mais por botânica, e dizia que seu dinheiro ia todo em seu jardim.

O jardim aquático fica num terreno comprado por Monet em 1893, 10 anos depois de sua chegada à Giverny. Este terreno é cortado por um pequeno riacho, o Ru, que é um afluente do Epte, por sua vez um afluente do Sena. Com o apoio da Prefeitura, Monet logo construiu ali uma lagoa para plantas aquáticas, ainda que isso tenha sido motivo de reclamações da vizinhança que achava que as plantas poderiam envenenar a água.

Anos mais tarde o lago foi aumentado, chegando ao tamanho que ele tem atualmente. O jardim aquático é cheio de assimetrias e curvas e foi inspirado em desenhos de jardins japoneses que Monet colecionava avidamente.

Nesse jardim fica a famosa ponte japonesa que ele pintou, uma touceira de bambus e todos os nenúfares que florescem durante todo o verão. O lago é fechado por vegetação e dessa forma fica separado em termos paisagísticos dos campos do entorno.

VEJA MAIS FOTOS NO MEU ALBUM
o jardim de monet












quarta-feira, 28 de setembro de 2011

O BARROCO MINEIRO



O BARROCO MINEIRO
Apresentamos nessa aula uma variação da técnica de pintura decorativa de origem alemã, o Bauernmelerei e sua correspondente no Brasil, a Pintura Barroca.
O movimento artístico conhecido como Barroco nasceu no início do século XVII na Itália, e estendeu-se por toda Europa e América Latina, onde se desenvolveu durante os séculos XVIII e início do XIX. Foi um movimento amplo que atingiu não apenas as Artes Plásticas como também a Arquitetura e a Literatura.
Sua principal característica era a contraposição ao estilo clássico do Renascimento, que vigorava até então, apresentando suas idéias de exagero, um certo mau gosto e falta de lógica (sempre em relação ao estilo clássico).
O Barroco chegou ao Brasil com os missionários jesuítas, que trouxeram o novo estilo como instrumento de doutrinação cristã. A distância do litoral e as dificuldades de importação de materiais e técnicas dão ao Barroco de Minas Gerais um caráter peculiar, criando uma arte diferenciada, marcada pelo regionalismo. Vários artistas consagraram-se nesse estilo, como Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, e Manoel da Costa Ataíde, representantes máximos desse estilo em nosso país.
A Pintura Barroca que apresentamos aqui, vale lembrar, trata-se de uma arte decorativa, originada do Bauernmalerei e influenciada pelo Barroco Mineiro.


RISCO



PASSO A PASSO E MATERIAIS

MATERIAIS:
• Mini-cômoda de MDF
• Pincel de pêlos macios n°18
• Lixa para madeira n°220
• Pincéis sintéticos próprios para pintura decorativa redondos, linner, chato e angular (em vários tamanhos)
• Ponteira ou boleador, espátula
• Papel vegetal com risco, carbono e lápis
• Flanela, pano para limpeza
MATERIAIS CORFIX QUE SERÃO UTILIZADOS:
• Tinta Decorfix Fosca nas cores: camurça, amarelo cádmio, amarelo ouro, laca rosa, lilás, amora, verde kiw, verde musgo, azul celeste, azul cerúleo, marrom e branco.
• Médium Envelhecedor Corfix na cor betume
• Cêra em Pasta Incolor Corfix
• Paleta descartável Corfix


PASSO-A-PASSO:
1. Utilizando o pincel chato, pinte a peça com uma mistura das cores camurça e amarelo cádmio, aplicando duas demãos da tinta, intercalando secagem.
2. Pinte as laterais e puxadores com a cor lilás, da mesma maneira ensinada acima.
3. Passe o risco para a peça e inicie a pintura das folhas com as cores verde kiwi, verde musgo e branco. Utilize pincéis redondos de tamanhos adequados ao motivo a ser pintado e o pincel linner para filetes e detalhes.
4. Pinte as tulipas com as cores azul celeste (misturado com um pouquinho de branco) e azul cerúleo, além do branco puro, para as pinceladas em “vírgulas”.
5. Pinte as flores centrais com a cor laca rosa e amora, além do branco para os detalhes.
6. Pinte as margaridas com os tons de amarelo e marrom (para os detalhes) e flores do campo com branco e o miolo em amarelo cádmio.
7. Faça os detalhes finais como arabescos com os tons de verde e as bolinhas com branco e marrom. Aguarde secagem completa da pintura por algumas horas ou de um dia para outro.
8. Utilizando um retalho de tecido aplique a Cera Incolor sobre toda a peça e aguarde secagem por meia hora.
9. Aplique o médium envelhecedor na cor betume na peça, utilizando o pincel de pêlos macios e retire o excesso com um pano em seguida, antes que seque. Trabalhe por partes de forma que a tinta não seque, vá aplicando e limpando em seguida.
10. Aguarde secagem por algumas horas e lixe para dar o efeito envelhecido, de peça “gasta”.






PINTURA BAUERNMALEREI EM MADEIRA

MATERIAIS:
• Peça de madeira
• Lixa para madeira n°220
• Esponja fina (3 pedaços)
• Pincéis sintéticos próprios para pintura decorativa redondos, linner, chato e angular (em vários tamanhos)
• Ponteira ou boleador, espátula
• Papel vegetal com risco, carbono e lápis
• Estopa, flanela, pano para limpeza
MATERIAIS CORFIX QUE SERÃO UTILIZADOS:
• Base Acrílica para Artesanato
• Tinta Decorfix Fosca nas cores: marfim, branco, amarelo ouro, amarelo cádmio, amarelo ocre, vermelho fogo, púrpura, verde água, verde musgo, maçã verde, verde bandeira, azul cerúleo, azul celeste, marrom e preto.
• Cêra em Pasta Incolor Corfix
• Paleta descartável Corfix
PASSO-A-PASSO:
1. Lixe a peça e retire o pó. Utilizando o pincel chato, dê uma demão de Base Acrílica e aguarde secagem. Lixe a peça novamente.
2. Com o mesmo pincel, aplique duas demãos de tinta Decorfix na cor marfim, intercalando secagem.
3. Com a cor verde água faça um esponjado na peça, alternando-a com as cores marfim e branco. Utilize pedaços de esponja diferentes para cada cor.
4. Risque a peça com motivos florais e inicie a pintura das folhas com as cores maça verde, verde musgo e branco. Utilize pincéis redondos de tamanhos adequados ao motivo a ser pintado.
5. Pinte as tulipas com as cores azul celeste (misturado com um pouquinho de branco) e azul cerúleo, além do branco puro, para as pinceladas em “vírgulas”.
6. Pinte as rosas com o vermelho fogo e o branco, as folhas com maçã verde e verde bandeira, além do branco.
7. Pinte as flores do campo com os amarelos ouro e cádmio, marrom e branco.
8. Faça os detalhes finais como arabescos com os tons de verde e as bolinhas com branco e preto. Aguarde secagem completa de um dia para outro.
9. Utilizando a estopa, aplique a Cera Incolor sobre toda a peça e aguarde secagem por cerca de 1 hora. Lustre a peça com uma flanela.
















segunda-feira, 2 de maio de 2011

Fotos de Irlanda
Essa foto de Irlanda é cortesia do TripAdvisor



Fotos de Irlanda
Essa foto de Irlanda é cortesia do TripAdvisor


Fotos de Irlanda
Essa foto de Irlanda é cortesia do TripAdvisor


Fotos de Irlanda
Essa foto de Irlanda é cortesia do TripAdvisor

Fotos de Irlanda
Essa foto de Irlanda é cortesia do TripAdvisor

Fotos de Irlanda
Essa foto de Irlanda é cortesia do TripAdvisor


Fotos de Irlanda
Essa foto de Irlanda é cortesia do TripAdvisor

Fotos de Irlanda
Essa foto de Irlanda é cortesia do TripAdvisor



Fotos de Irlanda
Essa foto de Irlanda é cortesia do TripAdvisor

Total de visualizações de página

Dicas de artes


•CAIXINHAS INDIANAS no dia 07/06/2006
•DECOUPAGEM COM TEXTURA no dia 14/06/2006
•MARMORIZAÇÃO SOBRE CERÂMICA no dia 21/06/2006
•PINTURA FLORAL ENVELHECIDA no dia 28/06/2006
•MINI- CÔMODAS COM APLIQUES no dia 05/07/2006
•CRAQUELADO DECOUPAGEM E RELEVO no dia 12/07/2006
•CERÂMICA AQUARELADA C/ CRAQUELADO no dia 19/07/2006
•CRAQUELADO EM VIDRO no dia 26/07/2006
•RELEVO TRANSPARENTE SOBRE FOTOCÓPIAS no dia 02/08/2006
•RELEVO INCOLOR COM APLICAÇÃO DE OBJETOS no dia 09/08
•RELEVOS VARIADOS SOBRE TELA no dia 16/08/2006
•RELEVO TRANSPARENTE SOBRE CERÂMICA no dia 23/08/2006
•ESTAMPARIA COM MÁSCARA EM MADEIRA no dia 30/08/2006
•PINTURA COM MÁSCARA E RELEVOS EM CERÂMICA no dia 06/09
•PINTURA RUPESTRE COM AQUARELA LÍQUIDA no dia 13/09/2006
•ESTÊNCIL EM RELEVO SOBRE PÁTINA DE CERA BRANCA no dia 20/09/2006
•TEXTURA FEITA COM DECORFIX E ESPESSANTE SOBRE CERÂMICA no dia 27/09/2006
•ESTAMPARIA A MÃO LIVRE EM TECIDO no dia 04/10/2006
•ALMOFADA DE TECIDO COM APLIQUES BORDADOS no dia 11/10/2006
•CAMISETAS COM ESTAMPA EMBORRACHADA no dia 18/10/2006
•DECOUPAGEM DE GUARDANAPOS EM TECIDO no dia 25/10/2006
•PINTURA BAUERNMALEREI EM MADEIRA (1°Aula) no dia 01/11/2006
•PINTURA BAUERNMALEREI EM MADEIRA (2°Aula) no dia 08/11/2006
•PINTURA BAUERNMALEREI EM MADEIRA (3°Aula) no dia 15/11/2006
•DECORAÇÃO INFANTIL COM TINTA LUMIX no dia 22/11/2006
•DECOUPAGEM SOBRE PÁTINA ENVELHECIDA (1°Aula) no dia 29/11/2006
•DECOUPAGEM COM OBJETO (2°Aula) no dia 06/12/2006
•PINTURA EM TELA COM ACRÍLICOS (1°Aula) no dia 13/12/2006
•CAIXINHA DE PÁSCOA COM DECOUPAGEM no dia 06/03/2008
•BIJUTERIAS DE PORCELANA no dia 13/03/2008
•ÍMÃS DE GELADEIRA COM RELEVO TRANSPARENTE no dia 20/03/2008
•PINTURA FLORAL ENVELHECIDA no dia 27/03/2008
•VIDROS DE CONSERVA DECORADOS no dia 03/04/2008
•PÁTINA DE CERA BRANCA DECORADA COM ESTÉCNIL no dia 10/04/2008
•PINTURA EM PORCELANA no dia 17/04/2008
•COLAGEM COM VÍTREO RESINA LÍQUIDA no dia 08/05/2008
•TÉCNICA EM PRATOS COM CARIMBOS no dia 22/05/2008
•BANDEJA ENVELHECIDA COM RESINA LÍQUIDA no dia 29/05/2008
•Prato de Porcelana com Decoupage e Canetado no dia 05/06/2008
•Técnica de Tela com Máscara no dia 12/06/2008
•FALSO COURO no dia 19/06/2008
•COLAGEM DE FLORES PRENSADAS COM VITREO RESINA LÍQUIDA no dia 26/06/2008
•APLIQUES DE VITREO RESINA LÍQUIDA no dia 03/07/2008
•CRAQUELADO COLORIDO SOBRE METAL no dia 24/07/2008
•PÁTINA REAGENTE - IMITAÇÃO DE FERRUGEM no dia 07/08/2008
•Craquelado Colorido com Strass no dia 21/08/2008


NOVAS ARTES VEJA MAIS ALBUM PICASA

NOVAS ARTES VEJA MAIS ALBUM PICASA
CLIQUE NA IMAGEM