Pular para o conteúdo principal

Le Jardin de Monet à Giverny o jardim de Monet


Monet morou em Giverny durante vários anos, onde pintou seus famosos quadros da série das Nenúfares. Sua inspiração era o jardim de sua propriedade.
Seu jardim tem duas partes: um jardim de flores denominado Clos Normand em frente à casa e um jardim aquático japonês que fica do outro lado da estrada. Os dois jardins são contrastantes e complementam um ao outro.

O Clos Normand de aproximadamente um hectare, foi transformado por Monet num jardim cheio de perspectivas, simetrias e cores.
A área foi dividida em dois canteiros de flores onde espécies de várias alturas criam o volume. Árvores frutíferas e ornamentais são apoios para roseiras trepadeiras, além de coloridos grupos de flores anuais. Existe uma mistura de flores silvestres com espécies mais raras.

A aléia central é fechada por uma arcada de metal onde rosas trepadeiras crescem. Outras roseiras se firmam nas balaustradas da casa. Monet não organizou nem desenhou seus jardins: ele as plantava de acordo com suas cores e as deixou crescer de forma livre. Com o passar dos anos ele passou a se interessar cada vez mais por botânica, e dizia que seu dinheiro ia todo em seu jardim.

O jardim aquático fica num terreno comprado por Monet em 1893, 10 anos depois de sua chegada à Giverny. Este terreno é cortado por um pequeno riacho, o Ru, que é um afluente do Epte, por sua vez um afluente do Sena. Com o apoio da Prefeitura, Monet logo construiu ali uma lagoa para plantas aquáticas, ainda que isso tenha sido motivo de reclamações da vizinhança que achava que as plantas poderiam envenenar a água.

Anos mais tarde o lago foi aumentado, chegando ao tamanho que ele tem atualmente. O jardim aquático é cheio de assimetrias e curvas e foi inspirado em desenhos de jardins japoneses que Monet colecionava avidamente.

Nesse jardim fica a famosa ponte japonesa que ele pintou, uma touceira de bambus e todos os nenúfares que florescem durante todo o verão. O lago é fechado por vegetação e dessa forma fica separado em termos paisagísticos dos campos do entorno.

VEJA MAIS FOTOS NO MEU ALBUM
o jardim de monet












Postagens mais visitadas deste blog

O BARROCO MINEIRO

O BARROCO MINEIRO
Apresentamos nessa aula uma variação da técnica de pintura decorativa de origem alemã, o Bauernmelerei e sua correspondente no Brasil, a Pintura Barroca.
O movimento artístico conhecido como Barroco nasceu no início do século XVII na Itália, e estendeu-se por toda Europa e América Latina, onde se desenvolveu durante os séculos XVIII e início do XIX. Foi um movimento amplo que atingiu não apenas as Artes Plásticas como também a Arquitetura e a Literatura.
Sua principal característica era a contraposição ao estilo clássico do Renascimento, que vigorava até então, apresentando suas idéias de exagero, um certo mau gosto e falta de lógica (sempre em relação ao estilo clássico).
O Barroco chegou ao Brasil com os missionários jesuítas, que trouxeram o novo estilo como instrumento de doutrinação cristã. A distância do litoral e as dificuldades de importação de materiais e técnicas dão ao Barroco de Minas Gerais um caráter peculiar, criando uma arte diferenciada, marcada pel…

Sarah kay motivos para pintura

BANQUETA ANTIGA ACHADA NO LIXO REFORMADA

Eu terminei esta baqueta hoje a tarde ela ficou maravilhosa veja o passo a passo:)
eu a encontrei semana passada no lixo no meio da rua estava toda detonada...Ela é uma madeira nobre e antiga creio que é canela pelo cheiro dela


quando a encontrei




começo da transformação cerrando os pés quebrados




Limpando a peça que estava muito suja


APLICANDO A MASSA CORRIDA ACRÍLICA PARA TIRAR AS IMPERFEIÇOES DA MADEIRA




LIXANDO A MASSA E TODA A PEÇA DEPOIS DE SECA




APLICANDO O LÁTEX ACRÍLICO COMO BASE DE FUNDO


LIXANDO O LÁTEX ACRÍLICO BRANCO DEPOIS DE SECO



MISTURANDO O CORANTE XADREZ VERMELHO A BASE DA ÁGUA NA TINTA CORALIT ZERO - ESMALTE A BASE D'ÁGUA BRANCO
PARA OBTER UM ROSA BEBÊ



APLICANDO A TINTA ROSA




TINTA APLICADA E SECA



FAZENDO A COLAGEM DAS FLORES E FOLHAS ARTIFICIAS COM A COLA DE ISOPOR ACRILEX PARA A ARTE FRANCESA
E BOLINHAS DE GUDE FORAM COLADAS COM SUPER BONDER



FLORES E FOLHAS COLADAS




COLOCANDO O VIDRO...QUE TAMBÉM É RECICLADO VIDRO DE UM FOGÃO VELHO QUE ACHEI NA RUA A TEMPOS ATRAZ




PRO…