Pular para o conteúdo principal

receita e informação sobre as ervas isadas no xarope natural composto de ervas

ingredientes um maço pequeno de poejo um maço pequeno de alfavaca ima malo pequeno de hortelã um malo pequeno de manjerica 3 xícaras de açúcar cristal meio litro de água cascas de um limão opcional
SOBRE AS ERVAS UTILIZADAS O Poejo é uma planta medicinal, também conhecida como hortelãzinho, muito utilizada no tratamento de diversas doenças como diabetes, má digestão, gripes e resfriados. O seu nome científico é Mentha Pulegium e pode ser comprada em lojas de produtos naturais e farmácias de manipulação. Para que serve o poejo O poejo serve para ajudar no tratamento para tosse, falta de apetite, digestão difícil, gases, cólicas intestinais, coriza, gripe, resfriado, catarro, bronquite, asma, vermes intestinais, febre, transtornos menstruais, crise nervosa e reumatismo.
A alfavaca é uma planta medicinal muito utilizada para tratar problemas respiratórios e de espasmos, devido às suas propriedades antiespasmódicas e expectorantes. O seu nome científico é Ocimus canum Sims e pode ser comprada em lojas de produtos naturais e algumas farmácias de manipulação. Para que serve a alfavaca A Alfavaca serve para ajudar no tratamento de aftas, amigdalite, angina, bronquite, catarro, dispepsia, doenças das vias respiratórias, espasmos, gases, gripe, resfriados, tosse e vômito. Propriedades da alfavaca As propriedades da Alfavaca incluem sua ação diurética, estimulante, antiespasmódica, relaxante, expectorante, analgésica e antisséptica.
A Hortelã-pimenta é uma planta medicinal e erva aromática, também conhecida como Hortelã-das-cozinhas ou Hortelã-pimenta-bastarda, pode ser usada no tratamento de problemas de estomago, dores e inflamações nos músculos, dores de cabeça e enjoo na gravidez, por exemplo, e não deve ser usada para emagrecer. O nome científico da Hortelã-pimenta é Mentha piperita Para que serve a Hortelã-pimenta A Hortelã-pimenta pode servir para diversas aplicações, podendo ser usada no tratamento dos seguintes casos: 1. Problemas no estomago, gastrite, má digestão, náuseas e vômitos: ajuda a tratar problemas digestivos, pois acalma o estomago, ajudando também a acalmar as náuseas e os vômitos. Para o tratamento destes casos é recomendada ingestão de chá de Hortelã-pimenta ou de gotas de óleo essencial. 2. Problemas na pele, prurido e urticária: pode ser usada no tratamento de problema na pele, pois tem uma ação anti-inflamatória e calmante. No tratamento destes caos é recomendada a utilização de óleo essencial, que pode ser aplicado diretamente na pele ou adicionado a água fervente para fazer inalações. 3. Excesso de gases e cólon irritável: ajuda a acalmar o intestino, e por isso pode ser utilizada para diminuir a produção de gases e no tratamento do intestino irritável. Nestes casos é recomendada a utilização de óleo essencial ou de cápsulas de Hortelã-pimenta resistentes aos sucos gástricos, contendo extratos secos da planta ou óleo essencial. 4. Dores musculares, nervosas e inflamações: ajuda no alívio da dor e inflamação musculares e nervosas, ajudando assim em casos de dores nos músculos, dores nos nervos, dores causadas pela atividade física ou em caso de dores reumáticas. Para o tratamento destes casos devem ser usadas preparações de óleos essenciais de de Hortelã-pimenta, que podem ser usados para massajar o local. Aprenda a fazer massagens relaxantes usando este óleo essencial em Como Fazer Massagens Relaxantes com Óleos Essenciais. 5. Dores de cabeça e enxaquecas: alivia as dores de cabeça, especialmente dores de cabeça causadas por tensão ou enxaquecas, incluindo durante a gravidez e lactação. Nestes casos devem ser usados óleos de Hortelã-pimenta, que podem ser aplicados diretamente na testa ou perto do canto do olho em cima da orelha. 6. Tosse, resfriado comum: ajuda a limpar os pulmões, a acalmar a irritação na garganta, a diminuir a tosse e a desentupir o nariz. No tratamento destes casos é recomendada ingestão de gotas de óleo essencial de Hortelã-pimenta ou de chá preparado com as folhas da planta. 7. Problemas na boca: ajuda a acalmar, a reduzir a dor e a inflamação de feridas na boca. Para o tratamento destes casos é recomendada a utilização de folhas de Hortelã-pimenta, que podem ser adicionadas a água fervente, para fazer inalações, bochechos ou gargarejos. 8. Inchaços: alivia os inchaços no corpo, pois acalma, refresca e estimula a circulação sanguínea. Nestes casos devem ser usados óleos de Hortelã-pimenta, que podem ser aplicados diretamente no local do inchaço. 9. Mau halito: por apresentar um cheiro e sabor refrescante e propriedades antissépticas, ajuda a eliminar o mau halito. Nestes casos é recomendada a ingestão de chá de Hortelã-pimenta ou mastigar a folhas de hortelã fresca.
O manjericão é uma planta medicinal também conhecida como Alfavaca, Basilicão, Anfádega e Erva-rea, muito utilizada para fazer remédios caseiros para aftas, tosse e dor de garganta. O seu nome científico é Ocimum basilicum e pode ser comprada em lojas de produtos naturais, feiras livres e em alguns mercados. Para que serve o manjericão O manjericão serve para ajudar no tratamento de tosse, catarro, feridas, problemas de estômago, falta de apetite, gases, aftas, dor de garganta, rouquidão, amigdalite, náusea, verruga, prisão de ventre, cólica, ansiedade, insônia, enxaqueca e picadas de insetos. Propriedades do manjericão As propriedades do manjericão incluem sua ação antiespasmódica, digestiva, vermífuga, antibacteriana, adstringente, cicatrizante e anti-inflamatória.

Postagens mais visitadas deste blog

O BARROCO MINEIRO

O BARROCO MINEIRO
Apresentamos nessa aula uma variação da técnica de pintura decorativa de origem alemã, o Bauernmelerei e sua correspondente no Brasil, a Pintura Barroca.
O movimento artístico conhecido como Barroco nasceu no início do século XVII na Itália, e estendeu-se por toda Europa e América Latina, onde se desenvolveu durante os séculos XVIII e início do XIX. Foi um movimento amplo que atingiu não apenas as Artes Plásticas como também a Arquitetura e a Literatura.
Sua principal característica era a contraposição ao estilo clássico do Renascimento, que vigorava até então, apresentando suas idéias de exagero, um certo mau gosto e falta de lógica (sempre em relação ao estilo clássico).
O Barroco chegou ao Brasil com os missionários jesuítas, que trouxeram o novo estilo como instrumento de doutrinação cristã. A distância do litoral e as dificuldades de importação de materiais e técnicas dão ao Barroco de Minas Gerais um caráter peculiar, criando uma arte diferenciada, marcada pel…

BANQUETA ANTIGA ACHADA NO LIXO REFORMADA

Eu terminei esta baqueta hoje a tarde ela ficou maravilhosa veja o passo a passo:)
eu a encontrei semana passada no lixo no meio da rua estava toda detonada...Ela é uma madeira nobre e antiga creio que é canela pelo cheiro dela


quando a encontrei




começo da transformação cerrando os pés quebrados




Limpando a peça que estava muito suja


APLICANDO A MASSA CORRIDA ACRÍLICA PARA TIRAR AS IMPERFEIÇOES DA MADEIRA




LIXANDO A MASSA E TODA A PEÇA DEPOIS DE SECA




APLICANDO O LÁTEX ACRÍLICO COMO BASE DE FUNDO


LIXANDO O LÁTEX ACRÍLICO BRANCO DEPOIS DE SECO



MISTURANDO O CORANTE XADREZ VERMELHO A BASE DA ÁGUA NA TINTA CORALIT ZERO - ESMALTE A BASE D'ÁGUA BRANCO
PARA OBTER UM ROSA BEBÊ



APLICANDO A TINTA ROSA




TINTA APLICADA E SECA



FAZENDO A COLAGEM DAS FLORES E FOLHAS ARTIFICIAS COM A COLA DE ISOPOR ACRILEX PARA A ARTE FRANCESA
E BOLINHAS DE GUDE FORAM COLADAS COM SUPER BONDER



FLORES E FOLHAS COLADAS




COLOCANDO O VIDRO...QUE TAMBÉM É RECICLADO VIDRO DE UM FOGÃO VELHO QUE ACHEI NA RUA A TEMPOS ATRAZ




PRO…

Sarah kay motivos para pintura